Perspectivas para logística no setor de transporte aéreo em 2019

Home/Logística/Perspectivas para logística no setor de transporte aéreo em 2019

Perspectivas para logística no setor de transporte aéreo em 2019

Impulsionado pelo crescimento do comércio eletrônico internacional, o segmento de transporte de cargas aéreo deve expandir em 2019. As expectativas com o setor estão em alta mesmo após crescimento abaixo do esperado no ano passado, de apenas 3,5%.

O mercado doméstico também registrou alta, fechando dezembro com elevação de 4% em comparação ao mesmo período de 2017. O balanço positivo motiva o investimento no setor. A Gol está de olho nesta fatia do mercado e pretende ampliar suas operações no segmento com uma estratégia de baixo orçamento.

Mesmo sem possuir aviões cargueiros e sem pretensão de abrir novas rotas no país, a empresa planeja crescer no setor de transporte de carga aéreo  otimizando o espaço nos porões dos aviões de passageiros. As projeções para este ano estimam crescimento aproximado de 25%, gerando receita de R$ 1 bilhão.

Em entrevista ao Valor Econômico, o diretor de cargas da Gol, Eduardo Calderon, indicou que os investimentos serão realizados em consonância a expansão do e-commerce e com a melhora da economia brasileira.

Como já citado aqui no blog da GTP Automation, a logística está intimamente ligada ao desenvolvimento do comércio eletrônico, e ambos estão atentos as mudanças no perfil de compra dos consumidores. Neste sentindo, o transporte aéreo tem muito a contribuir, principalmente por ser capaz de atender o segmento de Same day delivery para longas distâncias.

Desafios para o crescimento do modal aéreo

Para especialistas, o crescimento do e-commerce tem balanceado alguns dos fatores externos que estão provocando gargalos no transporte de cargas aéreo. Entre os fatores que geram preocupação no setor estão as diminuições das encomendas recebidas pelas fábricas para exportação e os prazos mais longos dos fornecedores, principalmente no mercado asiático. As tensões comerciais entre governos também provocam preocupação, já que elevações tarifárias nas fronteiras diminuem o comércio global.

Ainda que tais aspectos estejam além das atribuições das atividades aéreas, estar atento aos desafios contribuirá com os objetivos a serem alcançados pelo setor. Apostar em estratégias que podem contribuir com a atividade diária irá acelerar as operações, otimizar os processos trazendo maior eficiência, fidelizando clientes e por fim expandindo a parceria com o varejo eletrônico, que vem contribuindo para o crescimento do modal aéreo.

AIMS (Airport Integrated Management System) –  Parceria entre GTP e  INFRAERO

Com base em sua experiência de 15 anos no desenvolvimento de soluções de rastreamento, a GTP concebeu um sistema de sensores para rampas aeroportuárias, a fim de melhorar as interações H2M (humano a máquina) e M2M (máquina a máquina). O software foi projetado em parceria com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O hardware e a integração foram desenvolvidos com sistemas de radiofrequência capazes de trocar informações entre o banco de dados de controle de acesso do servidor central e o sistema existente. Este sistema endereça as funções de execução do controle de acesso da rampa tais como:

  • Controle de acesso do veículo na rampa
  • Controle de acesso de motorista e licença para operar na rampa
  • Rastreamento do veículo na rampa
  • Controle de velocidade do veículo na rampa
  • Geo cercas para controlar o acesso “dentro e fora” por veículo
  • Rastreamento de veículos de autoridade
  • Controle interno de operação na rampa
  • Dashboard em tempo real com indicadores de desempenho
  • Mapa do site com evento “não normal”

Clique aqui para saber mais sobre esta solução e entrar em contato conosco!

Referências: Valor Econômico, Estadão, PWC

Por | 2019-02-15T09:09:04+00:00 12/02/2019|Categories: Logística|Tags: , , , |Comentários desativados em Perspectivas para logística no setor de transporte aéreo em 2019

About the Author:

Marcus Vinicius Rocha
Marcus Vinicius Rocha é jornalista formado pela Faculdade Estácio de Sá. Radialista formado pelo Centro Técnico Vasco Coutinho e Produtor de Conteúdo.