WMS: Entenda melhor sobre o eficaz sistema e sua vantagem competitiva 

Home/Gestão de Armazéns, Logística/WMS: Entenda melhor sobre o eficaz sistema e sua vantagem competitiva 

WMS: Entenda melhor sobre o eficaz sistema e sua vantagem competitiva 

O Sistema de Gerenciamento de Armazéns pode oferecer vantagens para a logística 

Anteriormente no post WMS: Estudo aponta quais sistemas de integração são mais usados, mostramos como a tecnologia WMS (Warehouse Management System) está entre as ferramentas que mais apoiam os processos da cadeia de suprimentos. Porém, ainda existe algumas dúvidas sobre esse poderoso sistema. Nosso Blog fala, a seguir, mais sobre o sistema WMS e seus benefícios. 

Com a necessidade de gerar melhorias nos processos de um centro de distribuição ou armazém, o WMS, ou Sistema de Gerenciamento de Armazéns, é atualmente reconhecido como diferencial competitivo.  

O WMS une tecnologia e dados para integrar e processar as informações de localização das mercadorias, controlar a utilização da capacidade de mão-de-obra e planejar de forma detalhada os níveis de estoque.  

Além disso, o sistema WMS permite: 

  • Gerenciar processos de inventário; 
  • Explorar ainda mais tecnologias móveis relativas a códigos de barras e RFID como coletores de dados para dinamizar as operações; 
  • Emitir relatórios para auxiliar no gerenciamento do armazém, dentre tantas outras funcionalidades. 

Redução de custos 

Um dos maiores benefícios do WMS é a redução de custos e o aperfeiçoamento na operação. O objetivo é a otimização de todas as atividades operacionais (fluxo das mercadorias) e administrativas (fluxo de informações). 

Como funciona?  

Uma das bases que constituem o objetivo do WMS é a priorização de uma determinada tarefa em função da disponibilidade de um funcionário. Dessa forma, ele integra tanto a informação da localização das mercadorias que precisam ser consideradas no armazenamento ou no despacho como a localização do funcionário no armazém. 

Isso é importante para que haja aumento da produtividade e auxílio na percepção da necessidade de aumento ou diminuição do quadro de funcionários em relação às tarefas que precisam ser realizadas no armazém. 

São possibilidades com o WMS: 

  • Integração da cadeia de suprimentos (SCM — Supply Chain Management) e atendimento de procedimentos de rotação dirigida de estoques; 
  • Sequenciamento de atividades operacionais, diretivas inteligentes de picking (Picking é a atividade responsável pela correta coleta dos produtos e quantidades na área de armazenagem); 
  • Consolidação automática de saldos; 
  • Processo de inventário; 
  • Recebimento de materiais; 
  • Separação de pedidos; 
  • Transferências de estoque; 
  • FIFO (First in first out — em português PEPS — primeiro que entra é o primeiro que sai); 
  • Cross-docking (processo utilizado na distribuição de produtos com alto índice de giro — esses produtos não chegam a ser estocados, apenas transitam no armazém indo do recebimento para a separação e despacho, sem passar pelo processo de armazenamento) de forma a maximizar o uso do espaço do armazém. 

WMS: diferencial competitivo 

O sistema WMS da GTP Automation tem uma característica completamente diferente de todos os WMS existentes no mercado. Ele sabe precisamente onde estão os produtos armazenados com base na localização física dos mesmos. 

Todas as operações executadas pelos operadores, pelas empilhadeiras e transpaleteiras são monitoradas por sensores RTLS. Desta forma as operações de picking, separação, armazenamento, etc., são registradas em equipamentos móveis e enviadas ao servidor WMS para definir quais operadores deverão executar as ordens do sistema. 

Com base nestes eventos o sistema passa a acompanhar cada movimento dos operadores e confere em tempo real se a ordem foi ou não executada e no local definido. Além disso o sistema trabalha com etiquetas de Código de Barras, QR Code e RFID. 

Fique por dentro dessa solução inovadora clicando aqui. 

Com informações: e-commerce Brasil 

 

About the Author:

Deixe um Comentário