RFID: Correios expande uso do sistema no rastreamento de objetos internacionais

Home/Logística, RFID/RFID: Correios expande uso do sistema no rastreamento de objetos internacionais

RFID: Correios expande uso do sistema no rastreamento de objetos internacionais

Essa é uma excelente maneira de organizar estoques 

O sistema RFID (tecnologia de radiofrequência) confere aos produtos identidade e rastreabilidade desde a origem até o cliente final, transformando-se num aliado inestimável de controle e gestão com governança. Não é por menos que grandes empresas, que se baseiam em uma logística como dos pilares para o seu core business, fazem uso dessa inovação para gestão de estoque.

Nosso blog fala hoje sobre a movimentação dos Correios e a União Postal Universal (UPU), agência da Organização das Nações Unidas (ONU) especializada em serviços postais, que estão agregando o sistema para o rastreamento de objetos do fluxo postal internacional.

Recentemente, os Correios e a União Postal Universal (UPU) iniciaram a implantação da terceira etapa de um projeto chamado Quality Monitoring System (QMS). No caso, a tecnologia de radiofrequência (RFID) será usada para o rastreamento de objetos do fluxo postal internacional.

O intuito do projeto é ampliar de cerca de 350 para mais de 2.300 a quantidade de portais RFID no Brasil, além disso, o QMS envolverá 200 unidades operacionais dos Correios até o início de 2021.

Confira algumas informações e curiosidades sobre RFID:

  • Simplicidade: as etiquetas possuem um chip capaz de armazenar dados e uma minirresistência faz o papel de antena;
  • Seguro: Todo seu sistema é protegido por um material como plástico ou silicone, que podem ter diversos formatos;
  • Alto desempenho: A tecnologia de RFID foi usada durante a Segunda Guerra Mundial, quando as forças britânicas utilizaram o sistema para distinguir aviões amigos de inimigos;
  • Popular: Atualmente, o RFID é utilizado no dia a dia em cartões de aproximação para o acesso a prédios e transportes públicos ou aplicados em livros e outros objetos para evitar furtos.

Na logística interna, a tecnologia do RFID possibilita contar as mercadorias com nível de acerto muito maior, o que deixa mais eficaz essa etapa. Além disso, o sistema permite um maior controle e rastreabilidade dos produtos.

GTP oferece solução RFID há mais de 15 anos

A GTP desenvolve e opera sistemas RFID há mais de 15 anos e dispõe de uma oferta única na modalidade SaaS (Saving as a Service). Etiquetas inteligentes, tags, leitores, antenas, concentradores, portais e todos os demais componentes são oferecidos sem nenhum custo de implantação sendo cobrados de acordo com o retorno obtido pela operação.

Somente a GTP tem a confiança de oferecer este produto nesta modalidade no mercado. Saiba mais aqui.

Com informações: Revista Logística e Mandae.

Por | 2018-10-02T21:36:44+00:00 02/10/2018|Categories: Logística, RFID|Tags: , , , , |Comentários desativados em RFID: Correios expande uso do sistema no rastreamento de objetos internacionais

About the Author:

Ivan Monteiro
Colunista do blog da GTP Automation, Ivan Monteiro é jornalista com Pós-Graduação em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.