Mercado de bebidas: otimismo de crescimento com opções saudáveis

Home/Mercados/Mercado de bebidas: otimismo de crescimento com opções saudáveis

Mercado de bebidas: otimismo de crescimento com opções saudáveis

Apesar de queda nas vendas, o setor está otimista com a estação mais quente

A instabilidade econômica que o país atravessa pode ter mudado os hábitos de consumo dos brasileiros, entretanto, existe um setor que está bem otimista com a retomada da confiança do mercado: o setor de bebidas. Veja nesse texto especial o que o setor está aguardando.

Os indicadores negativos para o setor de bebidas pontuados nos últimos tempos pode está com os dias contados. Sim, investir no mercado de bebidas brasileiro é uma aposta segura. E os motivos são vários:

  • O mercado de alimentação saudável está em alta. Essa é uma oportunidade para sucos, água de coco, chás, cerveja sem álcool, entre outros;
  • Nesse setor voltado para a saudabilidade, o país é o quinto maior mercado de bebidas saudáveis no mundo, com um crescimento de 20% ao ano desde 2012, enquanto o resto do mundo cresceu apenas 8%;
  • Em 2014, o BNDES anunciou um estudo que indicava um investimento de 32 bilhões de reais no setor de bebidas até 2018. E isso não mudou com a crise, indicando a confiança dos empreendedores no mercado de bebidas.
  • Várias bebidas produzidas aqui são comercializadas para o exterior, sendo que esse setor foi um dos que mais exportou para os EUA em 2015, por exemplo. Por isso, mesmo com a retração de alguns produtos, o mercado de bebidas ainda está seguro em 2017, atraindo moedas estrangeiras para o país.

O ponto relacionado à saúde é importante de ser ressaltado. A indústria de bebidas continua de olho no interesse dos brasileiros por produtos mais saudáveis. Uma pesquisa da Euromonitor International estima que as vendas reais de refrigerantes e sucos com baixo teor de açúcar crescerá 3,6% até 2020.

Não é à toa que a gigante de bebidas Coca-Cola Femsa Brasil, por exemplo, está se adaptando ao mercado e lançou no Brasil, há algum tempo, um produto que já estava em circulação nas prateleiras de outros países: a Coca-Cola Stévia, que tem 50% menos açúcar e adoçante natural.

Quarto maior mercado consumidor de Coca-Cola no mundo, o Brasil recebeu R$ 3,2 bilhões em investimentos em 2017. O valor inclui o que será investido pela multinacional e por seus engarrafadores em marketing, em melhorias de infraestrutura e na compra de maquinário.

GTP Tecnologia disponibiliza ferramenta inovadora via Drone para controle de estoque

Para ampliar a produtividade e reduzir custos em logísticas tanto de fabricantes quanto de fornecedores, varejistas e atacadistas, a GTP Tecnologia oferece soluções que unem tecnologia e inovação. Uma dos serviços é o 3D-Inventory que conta com auxilio de um DRONE.

Trata-se de uma ferramenta revolucionária na realização de inventários executada por um DRONE com comandos de navegação baseados em sensores RTLS aéreos e num mapa digitalizado do armazém. Estes elementos conferem ao DRONE o poder de efetuar sobrevoos no armazém de forma totalmente autônoma sem a intervenção humana.

Além dessas características o DRONE pode reconhecer etiquetas de Código de Barras, QR Code, RFID e também fazer a leitura volumétrica. Desta forma os inventários são precisos e realizados com uma rapidez impressionante, quebrando desta forma regras e paradigmas de inovação até então presentes numa atividade totalmente repetitiva e dispendiosa.

Veja aqui mais informações sobre essa e outras soluções!

 

Com informações: Folha de SP, Milainox, Confrebras.

Por | 2018-11-10T10:16:06+00:00 09/08/2017|Categories: Mercados|Tags: , , , , |Comentários desativados em Mercado de bebidas: otimismo de crescimento com opções saudáveis

About the Author:

Ivan Monteiro
Colunista do blog da GTP Automation, Ivan Monteiro é jornalista com Pós-Graduação em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.